05 fevereiro 2008

De treinador para jogadores - factor motivação.

"Meninos, ao ver-vos jogar com aquela atitude e aquela determinação cheguei à conclusão que uma parte substancial do meu trabalho está concluída. Senti que aquilo que de melhor vos posso passar está já "entranhado" nas vossas cabeças e nas vossas almas.
Desde o primeiro dia que venho dizendo: no futebol, como na vida, triunfam os audazes, triunfam aqueles que acreditam e trabalham para atingir os seus objectivos.
Para se triunfar é preciso coragem, humildade, esforço, sacrifício e coração.
Cada um de voces encheu aquele relvado de cáracter, atitude e querer. Foram uns verdadeiros campeões!
Com humildade, esforço e dedicação. Com amor ao símbolo que envergam junto ao coração, com a raça própria de vencedores, foram à luta, bateram-se taco a taco com o adversário e acabaram o jogo de cabeça erguida, com muito orgulho e muita dignidade.
Vergo-me perante a vossa alma! Os meus parabéns!

Sempre vos disse que o futebol mais do que um desporto é uma escola de vida.
No futebol aprendemos a valorizar coisas como a dignididade, a vontade de nos superarmos a nós mesmos, o trabalho, a dedicação, o sacrifício, o pensar "colectivo", o estar sempre ao lado dos "nossos".
Cheguei a chatear-me e a castigar-vos para que vocês dessem verdadeiro valor a tudo isso.
A verdade é que de dia para dia me têm supreendido pela positiva e aprenderam que por vezes não podemos controlar um resultado, por aquela bola que bateu no poste, aquela que chutamos mal, etc..o futebol nem sempre é justo. Mas podemos deixar em todos os jogos uma imagem positiva, uma imagem de um grupo que deixa tudo em campo.
Temo-lo feito e quando assim é...como treinador sinto-me realizado.


Para terminar vou deixar-vos uma história sobre o meu colega Bruno. É mais uma daquelas histórias que vos podem ser úteis para perceberem que os nossos sonhos, os nossos objectivos, conquistam-se degrau a degrau, com paciência e tranquilidade.
Iniciados. Vilanovense - FC Porto. O guarda-redes titular, o Zé, aleijou-se durante a semana (ele que tinha jogado todos os jogos). Sem outra alternativa o Mister chamou o Bruno (um ano mais novo) para jogar no sempre difícil jogo contra o Porto.
O Bruno não estava habituado a tenta pressão, era muito portista e não queria falhar, achava que era aquela a sua possibilidade de realizar o sonho, conseguir convencer o treinador do Porto de forma a que ele o fosse buscar ao Vilanovense.
Sobre o jogo não há muito a dizer. O FC Porto venceu por 3-0.
O Bruno portou-se lindamente mas acabou por sofrer 3 golos de chapéu. A diferença física fez-se sentir e sem hipótese o Bruninho acabou por ver a bola passar por cima em direcção ao fundo das redes...3 vezes.
Pela ansiedade e pela vontade que tinha de provar que podia jogar no Porto sentiu-se culpado e saiu em lágrimas. Pensava o Bruno que tinha sido ele o culpado pela derrota. Não percebeu que naquele jogo deu tudo, bateu-se com dignidade até ao fim. Tentou defender todas as bolas...mas infelizmente 3 lá lhe escaparam e deram golo.
O que o Bruno não adivinhava é o que lhe iria acontecer no futuro.
O Bruno que vos falo chama-se Bruno Vale, já foi campeão Nacional pelo seu clube do coração, o FC Porto, e já se estreou na Selecção Portuguesa pela mão do Scolari.

Serve esta história do Bruno para vos fazer perceber que nenhum jogador do Mundo consegue estar "inspirado" em todos os jogos do campeonato.
O mais importante é a forma como se encara cada jogo. Se em todos eles dermos o máximo e mostrar-mos atitude, o nosso trabalho está feito. Ninguém vos pode pedir mais.
E nunca será baixando os braços que irão provar que têm talento para vingar. Acreditem em vocês, tenham orgulho no vosso esforço e um dia quiça...surgirá a recompensa!"

3 comentários:

strike disse...

mais uma vez PARABÉNS NELSON excelente post este que nos apresentas-te ........

RENATO COSTA disse...

MUITO BOM MESMO ,DEI ISTO AO MEU FILHO QUE POR ACASSO SE CHAMA TAMBEM BRUNO E TAMBEM LHE CHAMO BRUNINHO QUE JOGA NA EQUIPA DE ESCOLAS A DO FEIRENSE PARA LER,ISTO VEM AO ENCONTRO DE TUDO O QUE LHE TENHO DITO SOBRE O QUERER ESTAR NO FUTEBOL,PARABENS NOVAMENTE .

Bruno Ribeiro disse...

Antes de mais parabens pela nova cara do teu blog ;)

quanto ao post concordo em absoluto, aqueles que entenderem a "mensagem" são os que vão mais longe...

abraço grande amigo